Remédio para Pele e Mucosa

Mostrando 36 itens de 302

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5

Mostrando 36 itens de 302

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5

Diversas são as enfermidades que necessitam de remédios para pele e mucosa, tais como dermatites, assaduras, aftas, psoríase, calos, verrugas, acne, eczema, feridas, foliculite, hanseníase, herpes, lúpus, melasma, queimaduras, queloides, sarna, verrugas entre muitas outras.

No caso dos medicamentos para pele, podemos dividir em três principais classificações, sendo os remédios preparados tópicos (aplicação diretamente na pele), os sistêmicos, medicações para pele que devem ser ingeridos via oral ou injetada e as (injeções intradérmicas), injetadas logo abaixo da pele.

Os preparados tópicos são a principal classe, pois o princípio ativo (medicação) é misturado com um princípio inativo (chamado de veículo), sendo que o veículo é a substância que define a consistência do medicamento, como, por exemplo, oleosa, fina, aquosa ou espessa.

Sendo alguns dos principais tipos de preparados tópicos as: pomadas, cremes, loções, banhos e imersões, espumas, soluções, pós e Géis.

A definição do princípio ativo e veículo de ação do medicamento dependerá da região onde será aplicada a medicação, aspectos e conveniência de aplicação definida pelo clínico geral ou dermatologista, confira algumas, na sequência.

Remédios para pele anti-inflamatórios

Os medicamentos do tipo corticosteroides, fazem parte das principais medicações para amenizar a inflamação (edema, coceira e vermelhidão) da pele. Sendo muito eficientes nas erupções provocadas por reações alérgicas ou inflamatórias por hera venenosa, metais, roupa, medicamentos, eczema e muitos outros. Como diminuem a resistência às infecções bacterianas e fúngicas e inibem a cicatrização de feridas, os corticosteroides geralmente não devem ser aplicados sobre zonas ou feridas infectadas. 

Para distúrbios parecidos com a acne, os corticosteroides tópicos tendem a não funcionar muito bem e podem, por outro lado, provocar erupções parecidas com a acne. Os corticosteroides são, às vezes, misturados com medicamentos antimicóticos para ajudar a reduzir a vermelhidão na pele e a coceira e eliminar o fungo.

As variações mais comuns são:

Remédio para micose

As chamadas micoses são infecções que, em geral, são causadas por fungos, afetando a parte mais externa da pele e seus anexos (unhas), caracterizada por descamação e manchas brancas ou vermelhas, gerando coceira, dor e em alguns casos odor.

Para isso os principais remédios para micose são:

Prolifera principalmente no couro cabeludo e gera coceira intensa e escamação; e as Onicomicoses, que são responsáveis pelo surgimento de camadas escamosas nas unhas, tanto dos pés quanto das mãos.

Remédios para mucosa

As mucosas ou como também são chamadas membanas são membranas epiteliais que recobrem as cavidades internas do corpo, das quais estão expostas (abertas), como as dos tratos digestivos, respiratórios e urogenital, por exemplo.

Estas regiões se distribuem em três tipos de mucosa: mucosa de revestimento, mucosa mastigatória e mucosa especializada.

Estas regiões podem ser muito sensíveis, sendo facilmente afetadas por inflamações e enfermidades que afetam diretamente as regiões que a compõem.

Como respostas a estas enfermidades, alguns medicamentos são bastante eficientes, tais como:

Todos os medicamentos citados você pode encontrar na FarmaDelivery, compra fármacos com o melhor preço, das melhores marcas e com a entrega mais ágil do mercado.

Fechar

Clique aqui e saiba mais sobre a nossa
Política de Envio.
Consulte no rodapé da loja nossas políticas.