Xarope para Tosse e Remédios

Mostrando 27 itens de 27

Mostrando 27 itens de 27

Mais sobre xarope para tosse

Em períodos gelados muitas pessoas acabam passando por sintomas incômodos e difíceis de evitar no decorrer do frio. Esses sintomas costumam, no geral, comprometer as vias aéreas, assim como todo o aparelho respiratório. 

Isso acontece porque com o clima seco, a umidade das vias nasais acaba diminuindo. O muco que umedece o interior das narinas é responsável por tentar evitar que substâncias prejudiciais entrem dentro do nosso corpo durante o processo de entrada e saída do ar. Com a falta do muco e a entrada facilitada de corpos estranhos, podem começar a surgir sintomas referentes a doenças respiratórias. 

Outro tipo de defesa do nosso corpo (não somente nesses casos, mas também em outros) é a própria tosse. Normalmente quando acontece algo que pode irritar a nossa garganta a tosse acontece para tentar sanar esse problema. 

Normalmente ela aparece quando estamos resfriados ou gripados. Nossa garganta inflama, as cordas vocais incham e, por fim, o inchaço e a irritação acabam provocando a tosse. 

Nesse caso, ela se torna uma ferramenta de defesa que, no fim, prejudica mais do que ajuda. A tosse é útil quando há realmente a necessidade de expulsar algo prejudicial, como por exemplo o catarro que se forma a partir de alguma patologia que prejudica o sistema respiratório. 

Salvo esta situação, a tosse pode ser muito incômoda e gerar problemas ainda maiores. É preciso prestar atenção a alguns fatores referentes à tosse quando ela começa e a partir dessa observação avaliar se haverá ou não a necessidade de buscar uma opinião médica para tomar uma medicação. 

Sendo a tosse um mecanismo de defesa, a princípio não há a necessidade de se preocupar instantaneamente, Com o tempo apenas será possível saber se é uma tosse rápida devido algum incômodo na garganta ou então se pode ser algo mais sério e persistente. Se a tosse persistir em um período de até duas, três semanas, possivelmente será o acarretamento de algum quadro gripal ou de resfriado. 

Quando estamos com esse tipo de enfermidade, geralmente temos um quadro de inflamação e resultadamente acúmulo de catarro no sistema respiratório. Nesses casos, a tosse pode auxiliar no processo de eliminação dessa secreção para que não ocorra o perigo de uma inflamação mais grave. Em alguns casos, pode ocorrer a necessidade de  utilizar algum medicamento que auxilie nesse processo de eliminação do catarro.  

Uma crise de tosse nesse período de tempo pode indicar também outras doenças respiratórias, como crises asmáticas ou bronquite. Por isso a necessidade de se buscar uma opinião médica para se ter certeza do que realmente está acontecendo.

Tosses por períodos mais longos podem indicar vários tipos de doenças, por isso a importância de um acompanhamento médico para checar a fundo as verdadeiras causas da tosse. 

No mercado farmacológico existe uma grande variedade de remédios voltados para esse sintoma tão incômodo. Para escolha do medicamento ideal, além do período de duração do sintoma em questão é preciso também averiguar o tipo de tosse que acomete o paciente

No caso, existem dois tipos específicos:

Tosse secaNormalmente é causada por crises alérgicas, então ela acontece como forma do corpo tentar eliminar a causa de alguma irritação. Para este tipo de tosse,normalmente são necessários remédios anti-histamínicos. Estes medicamentos devem ser acompanhados de observação. Dessa forma é possível descobrir o que acarreta na alergia. As causas podem ser alergia a pêlos de animais, poeira, poluição, cheiros muito fortes entre outros.

Essa observação se faz necessária pois o anti-histamínico não age como curativo apenas como paliativo, sendo que a melhor forma de se resolver o problema é evitando aquilo que o causa. Outros fatores que também podem causar tosse seca tem relação com problemas de refluxo, problemas cardíacos, uso de nicotina e exposição à poluição. 

Tosse carregada (acompanhada de catarro):  Normalmente ela acompanha quadros gripais e de resfriados. No entanto, é preciso se atentar a alguns fatores que podem torná-la um fator mais grave e preocupante, como por exemplo a cor e a densidade do catarro.

Se for claro e mais líquido é considerado um sintoma normal de uma gripe leve ou mesmo um simples resfriado. No entanto, se for mais escuro e denso e persistir por mais de uma semana, assim, pode indicar sintomas mais graves ligados a quadros de pneumonia ou tuberculose.  

Os medicamentos para cada tipo de tosse variam, já que ambas se tratam de maneiras distintas. Não se deve tomar remédios de tosse seca no caso de tosse com catarro, pois é necessário que o corpo elimine o catarro e não a tosse. 

O objetivo da medicação para tosse seca é eliminar o sintoma, enquanto que o objetivo do remédio para tosse com catarro é auxiliar na eliminação desse catarro. Ele pode ter a função de afinar o muco para que ele seja eliminado com mais facilidade ou de produzir mais muco (em sua versão fisiológica e normal) para que ocorra uma diluição deste ao catarro, provocando também a facilidade da eliminação desse catarro. 

Ao ser ingerido, o tempo de início do alívio dos sintomas pode variar entre 20 minutos a 2 horas. Esse tipo de variação pode se alterar de acordo com o tipo de remédio, a marca, e o quadro do paciente. A duração do alívio dos sintomas pode durar cerca de 4 a 5 horas. 

É preciso entender que xaropes não servem para curar a doença em si, mas auxiliam no tratamento. 

Alguns dos possíveis efeitos colaterais ocasionados pelo uso do xarope para tosse são: 

  • Problemas relacionados ao coração, como arritmia ou aumento da frequência cardíaca;

  • Mudanças bruscas da pressão arterial;

  • Sonolência;

  • Fazer o seu uso contínuo sem a prescrição médica, pode ocasionar em ocultação de problemas mais graves como tuberculose ou até mesmo câncer

Alguns dos fármacos mais comuns encontrados no mercado para tosse seca são:

 Já para tosse carregada ou produtiva, são:

Como já foi falado anteriormente, é importante ressaltar que esses remédios não são curativos, mas sim auxiliam no processo de alívio dos sintomas. Eles devem ser receitados por um profissional da saúde qualificado para este tipo de diagnóstico. O xarope deve ser utilizado em conjunto com outros medicamentos, o que irá depender da avaliação médica e dos possíveis exames que ele solicitará. 

Com tudo, como sempre falamos aqui no site, o melhor remédio sempre será a prevenção. É por isso que finalizamos este artigo com dicas simples e eficazes no processo de prevenção da tosse e demais sintomas que possam vir a acompanhá-la, segue-se abaixo as nossas dicas: 

  • Tenha boas noites de sono: Para manter o sistema imunológico forte o suficiente para resistir a qualquer tipo de infecção, dormir bem é de fundamental importância. É no momento do sono que todo o nosso corpo se revitaliza e fortalece.
  • Beba muita água: Esse é um procedimento padrão para qualquer hábito relacionado a uma vida saudável. Hidratar o corpo é cuidar de sua vida com carinho.
  • Vitamina C: Essa vitamina é responsável por manter seu sistema imunológico forte. 
  • Alimentação saudável em dia: O combustível do seu corpo também é responsável por mantê-lo em pé e forte. Quanto mais se atentar ao que se come diariamente, mais saúde você terá.
  • Práticas saudáveis: Embora não seja tão fácil fazer quanto é falar, se o seu desejo é ter uma saúde de ferro, exercícios não podem faltar na sua vida, comece devagar com pequenos atos, como pequenas caminhadas ou mesmo dançar uma música na sua folga. 

Nem sempre podemos evitar ter uma enfermidade, mas se o seu corpo estiver fortalecido dificilmente você será acometido por versões mais graves dessas enfermidades. 

Fechar

Clique aqui e saiba mais sobre a nossa
Política de Envio.
Consulte no rodapé da loja nossas políticas.