Alergia e Gripe

Mostrando 36 itens de 799

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5

Mostrando 36 itens de 799

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5

Mais sobre remédios para alergia e gripe

Apesar dos sintomas da alergia e gripe serem semelhantes em alguns aspectos, os remédios utilizados para o tratamento de cada uma são diferentes. 

Se tratando da alergia, os sintomas leves costumam aparecer como coceiras, espirros, irritação nos olhos, tosse, inchaço e até mesmo desconforto na garganta. Isso pode ocorrer em decorrência do contato com poeira, pelo de animais (como cachorros e gatos), ácaros, pólen ou com a ingestão de alguns alimentos. Seu tratamento pode variar com o uso de remédios comprimidos, pomadas, gotas, xaropes, spray e colírio. 

O uso de cada remédio deve ser feito sob orientação médica, somente um profissional capacitado poderá auxiliar no diagnóstico e na investigação da causa da alergia. Em casos mais graves os sintomas podem aparecer como inchaço na boca, língua, garganta e dificuldade para respirar, nestes casos deve-se procurar o pronto-socorro imediatamente, pois a alergia pode oferecer riscos à vida. 

Já no caso da gripe, os sintomas podem variar em febre, calafrios, dores musculares, tosse, congestão nasal, coriza, dores de cabeça e fadiga. Os remédios utilizados no tratamento da gripe ajudam a aliviar os sintomas e prevenir complicações. Os mais comuns são anti-inflamatórios, antialérgicos e expectorantes, também encontrados na forma de comprimidos ou líquidos.

Remédios para alergia

Os remédios para o tratamento da alergia podem variar de acordo com cada sintoma, os fármacos mais utilizados são:

Anti-histamínicos - Na versão de comprimidos e xaropes temos a loratadina, desloratadina, cetirizina, hidroxizina e fexofenadina. Os colírios podem ter em sua composição cloridrato de epinastina ou fumarato de cetotifeno. Em spray ou gotas nasais o mais comum são remédios com cloridrato de azelastina. Já os remédios em cremes e pomadas com anti-histamínico podem apresentar na composição prometazina, clemastina ou dexclorfeniramina.
Descongestionantes - pseudo efedrina, fenilefrina ou oximetazolina.
Corticoides - Para uso oral prednisolona, betametasona ou deflazacorte. Em spray nasal e inalação oral os mais comuns são beclometasona, mometasona, budesonida e fluticasona. Para colírios temos o dexametasona. As pomadas e cremes com corticóides mais recomendados possuem em sua composição hidrocortisona ou betametasona.
Broncodilatadores - Estes remédios são encontrados na versão de spray ou gotas para inalação, os mais receitados pelos médicos são salbutamol, budesonida ou brometo de ipratrópio.
Cromonas - Os remédios mais comuns desta categoria são o cromoglicato dissódico e o nedocromil sódico, na forma de spray nasal temos o rilan e em colírio oftalmológico, o cromolerg.
Imunossupressores - Encontrados na versão de pomadas temos o pimecrolimo, tacrolimo, elidel ou o tarfic.
Antileucotrienos - Encontrados na versão de comprimidos, os mais recomendados são montelucaste e zafirlucaste.
Remédios para gripe

Também variando de acordo com os sintomas apresentados, os remédios mais comuns utilizados no tratamento da gripe são:

  • Anti-inflamatórios - Ibuprofeno e Diclofenaco.
  • Analgésicos e antipiréticos - Paracetamol e Novalgina.
  • Antitussígenos - Dextrometorfano, Levodropropizina ou Cloridrato de Clobutinol.
  • Antialérgicos - Loratadina, Desloratadina ou Fexofenadina.
  • Expectorantes - Bisolvon, Mucosolvan ou Vick 44 E.
  • Antivirais - Oseltamivir ou Tamiflu.
Fechar

Clique aqui e saiba mais sobre a nossa
Política de Envio.
Consulte no rodapé da loja nossas políticas.